domingo, 16 de julho de 2017

Outras Viagens



(...)

Imagina entre estas linhas todos os comboios
e as malas vazias à partida de certas viagens
em que tudo o que queremos é lembrar
que iremos e, de volta, havemos de encher
o nosso coração de livros, hinos e panfletos.

No convés da palavra mais adormecida
Repousamos  ao relento da nossa rebeldia, recusamos
ordens, afastamos tempos, denunciamos  a recusa,
bailamos sobre a estrada, bebemos aguardente

e juntamos outros versos aos versos da poesia.


Teresa Macedo (2017). IN Outras Viagens (Inédito).

Sem comentários:

Enviar um comentário